O lugar onde cabem as páginas soltas desta caminhada e todos os passos que esta bailarina vai aprendendo a dar
.



.

2010-01-16

Só me apetece gritar

Acabei de ter uma discussão, um bate boca com quem não queria. Sinto uma dor no estômago, parece que levei um murro bem no meio, o pior... bem, o pior é que por estes dias tinha decidido afogar todas as borboletas que pairavam por aqui e acho que este murro as veio libertar, acordar, ressuscitar, não sei? E o coração? Esse parece que está a sangrar, sinto uma dor escondida aqui, bem debaixo da mama esquerda, que está a causar um amargo de boca, como se a voz, que não pode sair, fosse em queda livre até ao estômago. SÓ ME APETECE GRITAR.

Este sentimento que já falei aqui muitas vezes e que posso dizer era bonito, revitalizante... chegou a uma rua sem sentido e olhem que eu até sou boa a fazer manobras, mas não estou a conseguir inverter a marcha,  por isso parei.

Não pode ser. Esta sensação de abandono que me tem assolado nestas últimas semanas foi o pior. Se ainda tivesse a trabalhar, mas não, estou metida em casa e tenho todo o tempo do mundo para pensar. SÓ ME APETECE GRITAR.

Lutei, juro que lutei, para não me sentir envolvida emocionalmente por ele... por ti. Tantas vezes pensei na diferença de idades, sim 9 anos não é muito, mas isto apenas soa bem na minha boca quando estou a falar dos outros. Eu lembro-me de ti com 16 anos e nessa altura era eu quem tinha a idade que tens agora. Eras um miúdo, apenas um miúdo. Podias ter ficado assim sabes, não ter crescido, nem te teres tornado alguém inteligente, interessante, bonito, que me faz rir, que apesar de falar contigo todos os dias, não me canso de  escutar, aconselhar, dar força, dizer disparates. O verbo falar está mal conjugado, o correcto é  falávamos, porque de há uns tempos para cá a coisa mudou e eu sinto tanto a tua falta!

Devo estar mesmo ficar maluquinha só pode, não encontro explicação razoável, inteligente para esta situação. Chegar aos 34 anos e arranjar uma paixão platónica e não correspondida... SÓ ME APETECE GRITAR... Até à quinze dias, a vontade era gritar ao mundo que estava apaixonada por ti!!! Hoje, tenho vontade de gritar: estou Louca!!!

Eu sei que fui fria a falar contigo, arrogante talvez um pouco, mas acredita que nao estou a saber lidar com esta situação. Sinto que estás a fugir, a escorregar pelas minhas mãos como areia que passa por entre os dedos sem que consigamos fazer alguma coisa para a manter. E eu nunca te toquei, não conheço o teu cheiro, nem tão pouco o teu olhar. Não sei se a tua pele é quente, se o teu toque é suave ou marcante, se o teu passo é pesado ou leve.

Depois existem outras pessoas que se aproximam de mim, um deles mora tão perto de ti que irrita. Todos os dias, diz que me quer. Que posso eu dizer a isto? Não deixo que me amem, mas não consigo esquecer.-te . Ainda ontem foi por uma fracção de segundo que no meio de uma conversa, essa pessoa não foi tradada pelo teu nome. A minha saída ontem foi estranha, estive calada a ouvir, mas sempre a pensar em ti. Porra, a pensar em ti??? É ele que me quer tocar, não tu. Acreditas que fiquei sem bateria no carro e a primeira pessoa a quem mandei uma mensagem  foi a ti? A ti!




Só me apetece gritar, gritar que não te posso manter mais aqui, mas que não estou a conseguir deixar-te ir. Gritar que fiquei presa em ti!

9 comentários:

мα∂αℓєηα disse...

Ohhhhhhhh :(
E eu a pensar q andavas toda feliz...

eu sei q as paixões não são racionais...mas tenta com força fazer como diz "AQUI"

Beijinhos grandes e ânimo, força...tudo passa :))

essaagora disse...

já li minha querida e deixei lá o meu comentário.

Realmente não sei se estou feliz ou não. Agora ando com saudades, saudades dele.

Sim tenho força, muita até e não é isto que me vai derrubar! Apenas em vez de chorar preferi escrever, tinha de deitar para fora algumas coisas, mesmo que através do teclado =)

Beijinhos grandes para ti também Madalena e obrigada pelas tuas palavras :)

Pontosemlentras disse...

Não sei bem por onde começar..talvez por dizer q se queres e tens vontade de gritar, grita, mas bem alto. Eu estarei aqui para te ouvir, consolar, proteger, abrigar.
Tens 34 anos e estás apaixonada, e qual é o problema? ser uma paixã platónica? e isso não se supera? já nem falo da diferença de idades pq sabes qual a minha opinião (pensa no ex. que te falei. Estão os dois vivos, cheios de vida, energia, e por acaso não são irmãos ou algo d género, logo não vão cometer o insesto como aconteceu com Pedro e Mrª Eduarda..será mesmo uma paixão platónica, impossível? nada é impossível, quando queremos vedadeiramente as coisas e lutamos, mesmo predendo várias batalhas, quando sabemos que no fim ganhamos a Guerra com as feridas já saradas e perto de quem realmente amamos.

"E assim nas calhas de roda,
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio d corda
Que se chama coração" - F.Pessoa


Beijinho grandes, cheios de saudade q acima de tudo muita força e ânimo para ti xuxu *

essaagora disse...

ó minha menina linda... sabes que tenho uma ou outra lágrima a correr pelo rosto??? Não tenho medo de feridas, eu sei que saram. Por isso gosto da fénix sabes! Da forma ela renasce das cinzas.

Mas se pudesse, aliás se soubesse que valia a pena, que existia uma pequena possibilidade, lutava, mas lutava com todas as minhas forças.

A inteligência diz que não, sabias? No entanto o coração mantêm um raio de esperança... esse pequeno raio que me aquece, faz com que a cabeça e o coração se mantenham com o sinal de ocupado.

мα∂αℓєηα disse...

Fazes muito bem em escrever e desabafar, só te faz bem.... :))

Deixa lá q há "males" q vêm por bem....e a vida reserva-nos sempre surpresas fantásticas ;)

beijinhos :)))

Miguel disse...

Quem não te quer, não te merece! Quem te quer faz por te merecer...

Não adianta andar a correr atrás do vento... Não adianta porque nunca se consegue que nos Amem porque nos impomos...

O Amor não é isso.
E deixa lá a paixão que isso passa sempre.
Foca-te nas coisas importantes da vida e, se não tens ninguém perto de ti que te possa dar uma visão melhor para o futuro (curto ou longo), abre portas que pode ser que atrás de alguma esteja o teu principe...

Deixo-te um beijinho solidário de quem te entende bem demais... Sei bem a merda que é sentirmo-nos assim...

essaagora disse...

Pois é meus queridos, mas eu ainda não quero desistir.

Sobre as coisas boas da vida, eu sei que as há Miguel, eu amo a vida e tudo o que dela faz parte. Mas como estou de baixa em casa, as coisas tem tomado uma proporção menos positiva.

Obrigada Madalena e Miguel, Beijinhos aos dois ***

мα∂αℓєηα disse...

Martinha eu se calhar não me expliquei bem...eu disse q há "males" q vêm por bem....este "males" é no sentido de há "sofrimentos" "tristezas"....q ás vezes temos de passar, mas q depois a vida as transforma em surpresas fantásticas!!
Acho q NUNCA devemos desistir dos nossos sonhos!!
Segue o teu, vai em frente...sem medo,estamos aqui para viver e...é tão bom seguir o coração...dê o q der !!

Beijinho grande, mt alegria e mt força!!!! :))

essaagora disse...

eu compreendi logo, mas queria logo dizer que não estou ainda disponível para desistir. Acho que quando falo dele deixo um pouco a racionalidade de lado, mas que me enche a alma, sim é verdade...
E o meu coração neste momento vive ali, naquele olhar, naquela calma, mas tenho de respeitar o seu espaço. No entanto bastava um sinal e seguia o meu coração até ao final do arco-íris =

Depois há que retirar sempre algo de bom, mesmo das coisas que não tiveram futuro. E nisso eu sou bem resolvida. Doí no início, mas não me arrependo de nada e quero tudo de bom para quem me fez algum dia sorrir.

Obrigada Linda, pela alegria, pela força e principalmente pelas tuas palavras ***